CONTATO

TELEFONE: (48) 99650 2352


EMAIL: historias@feliciafleck.com


FACEBOOK PESSOAL: Felícia Fleck 


FANPAGE: Contadora de Histórias Felícia Fleck

INSTAGRAM: @historiasdafeliciafleck

CLIENTES E PARCEIROS

1/1

DEPOIMENTOS

Você também quer deixar seu depoimento? Mande pelo formulário de contato.

Site desenvolvido por Francine Canto 

TESE SOBRE CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS

July 19, 2018

"A identidade de um ser humano é constituída, em parte, pelas histórias que ele conta acerca de si mesmo. Somos o que somos por sermos capazes de construir narrativas sobre nós mesmos e por ouvirmos as histórias contadas pelas pessoas com quem nos relacionamos".

Minha tese já está disponível para leitura! 😉 

 

Aqui ó: http://tede.ufsc.br/teses/PCIN0176-T.pdf 

 

Resumo:

 

Este estudo objetivou apreender as relações entre a história de vida e a constituição da identidade profissional do contador de histórias atuante em bibliotecas catarinenses. Para isso, buscou-se conhecer as histórias que esses contadores narram a respeito de si mesmos; reconhecer as motivações que os levaram a se tornar contadores de histórias; perceber se as histórias escolhidas por eles em seu repertório os auxiliam na construção da sua identidade profissional; assim como entender suas percepções sobre a prática de contar no espaço da biblioteca. A pesquisa, do tipo qualitativa, tem como aporte teórico as concepções da sociologia das profissões e do interacionismo simbólico, na perspectiva do sociólogo francês Claude Dubar, que leva em conta a trajetória, a individualidade e a subjetividade do sujeito em sua relação com o mundo do trabalho. A metodologia empregada foi a história oral, por meio de entrevistas de história de vida. Foram entrevistados seis contadores de histórias profissionais, um de cada mesorregião de Santa Catarina, que atuam em bibliotecas públicas ou comunitárias. As categorias de análise utilizadas para tratar os depoimentos dos entrevistados foram: memória, lembranças de histórias e da relação com a leitura no contexto familiar e escolar; escolha profissional, a maneira como cada um se tornou contador de histórias, a influência familiar nas suas escolhas e na inserção ao mundo do trabalho; ser contador, que engloba a identidade para si e a identidade para o outro; e contar na biblioteca, a vivência de contar histórias no espaço da biblioteca, suas características e particularidades. O que sobressaiu em seus discursos é como cada história, como cada trajetória é única e se constitui de maneira subjetiva. Os caminhos profissionais foram se apresentando aos poucos; as experiências na família, na escola e as formações específicas em cursos e oficinas são percebidas por eles como significativas em sua constituição como contadores de histórias.

 

Palavras-chave: Contadores de histórias. Identidade profissional. Mediação de leitura. Bibliotecas - Santa Catarina.

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

ASSESSORIAS PERSONALIZADAS

March 11, 2019

1/6
Please reload

Posts Recentes

November 30, 2016

Please reload